Publicação fixa: Argumentos lógicos X tratados teológicos

Meus textos questionando o sistema religioso e as mentiras do cristianismo são sempre com argumentos de raciocínio lógico, porque para mim vale o que está escrito sem interpretações humanas, sem oráculos para traduzir o texto... Continue lendo.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Mentiras sutis

“Como o louco que atira brasas e flechas mortais, assim é o homem que engana o seu próximo e diz: ‘Eu estava só brincando!’ " Provérbios 26.18,19

Todo mundo sabe que mentira é pecado. Mas muitos falam mentiras sutis todos os dias e não percebem.

O uso da ironia é um exemplo disso. Segundo a Wikipédia, “a ironia é um instrumento de literatura ou de retórica que consiste em dizer o contrário daquilo que se pensa, deixando entender uma distância intencional entre aquilo que dizemos e aquilo que realmente pensamos.”

Por exemplo, alguém diz “Você está feia”, ou “Este bolo está horrível”. Mas queria dizer que a pessoa está bonita ou o bolo está uma delícia. Até mesmo bênção ou abençoado está virando sinônimo de ironia. Quem não ouviu ou falou algo tipo, “Essa criança é uma bênção”, mas na verdade queria dizer que a criança é imposssível?

Outro exemplo é quando alguém telefona para outra pesssoa e pede a quem atende para chamá-la e a pessoa diz que a outra não está, mas depois diz que era brincadeira. E esse exemplo se aplica a muitas outras situações, em que a pessoa mente e depois diz que era brincadeirinha, que só estava "zoando". O versículo postado acima diz tudo sobre isso.

E nas comunidades evangélicas também encontramos as mentiras sutis. Quantas vezes ouvimos alguém dizer que a irmãzinha está completando 20 anos, mas na verdade ela está fazendo 50 anos. Ou então o pregador cita um exemplo de algo errado, mas diz que isso não acontece naquela congregação, em tom de brincadeira, quando na verdade todos sabem que ele está falando deles.

Outra prática muito comum é festa surpresa em aniversário. Praticamente toda festa surpresa tem como base uma mentira, que não é nada sutil, é descaradamente uma mentira. E ainda se torna uma mentira coletiva, porque acaba envolvendo todos os amigos.

E uma outra forma de mentira sutil é a fuga da realidade, é fingir que está tudo bem, quando na verdade a pessoa está cheia de problemas. Isso acontece muito quando há um desentendimento com outra pessoa e não há arrependimento, mas a pessoa continua agindo como se nada tivesse acontecido.

Enfim, mentira é um vício. E a pessoa pode passar de um vício em mentiras grandes para mentiras sutis, e continuar mentindo.

Precisamos, de verdade, vigiar as palavras e ter cuidado com o que falamos.

O livro de Provérbios é uma boa leitura sobre o assunto língua. E o livro Eu e minha boca grande, de Joyce Meyer, é uma excelente reflexão.

Leia também
O batismo com água não transforma a língua
Pai, lava minha boca com sabão, põe brasa na minha língua e purifica
Você ama seu filho?
Perdão e confiança

sábado, 27 de junho de 2009

Eu mesmo já estou indo

"Assim diz o Rei dos Exércitos: 'Povos e habitantes de muitas cidades ainda virão, e os habitantes de uma cidade irão a outra e dirão: 'Vamos logo suplicar o favor do Eterno e buscar o Rei dos Exércitos. Eu mesmo já estou indo'. E muitos povos e nações poderosas virão buscar o Rei dos Exércitos em Jerusalém e suplicar o seu favor. Assim diz o Rei dos Exércitos: 'Naqueles dias, dez homens de todas as línguas e nações agarrarão firmemente a barra das vestes de um judeu e dirão: 'Nós vamos com você porque ouvimos dizer que o Eterno está com o seu povo". Zacarias 8.20-23

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Shabat shalom


Horário do pôr-do-sol no Rio de Janeiro:
Sexta-feira, 17h18 - Sábado, 17h18 (Climatempo)

Parashá
Shiru LamelechMordechai Ben David
Ve\'ato bonim shiru shiru
E vós filhos cantem, cantem
Ve\'ato bonim shiru lamelech
E vós filhos cantem ao rei
Ve\'ato bonim shiru shiru shiru lamelech
E vós filhos cantem, cantem, cantem ao rei
Betsiferets mefoar
Formoso e glorioso
Ve\'ashrei avodov oy avodov
E feliz o servo
Hamashmi\'im bekol bekol shivcho
Que anuncia a todos, a todos teu retorno
Ve\'ato bonim shiru shiru shiru lamelech
E vós filhos cantem, cantem, cantem ao rei
Shiru shiru lamelech.
Cantem, cantem ao rei

Feridos em nome de Deus vende 5.000 em 48 horas

Lançamento da Mundo Cristão vendeu 5.000 exemplares em 48 horas, conforme divulgado no Twitter da editora.


"O livro Feridos em nome de Deus, de Marília Camargo, mostra seu inconformismo com a igreja evangélica ao explorar a temática das decepções causadas por lideranças prepotentes", segundo seu blog.


E eu nem sabia do livro quando escrevi Pastor, posso ir? Pode. Quantos passos? Dois de formiguinha... E alguns ainda têm coragem de me criticar quando falo que alguma coisa está muito errada no sistema, mas tem gente que não quer ver, prefere fingir que está tudo bem.


Leia também uma reportagem sobre o livro.

Testemunhos sobre meu livro

Leia alguns testemunhos sobre Libertação é confissão de pecados.

"Estou lendo Libertação é confissão de pecados. Queria dizer que está sendo muito importante ler sua história. Tenho passado por vendavais que tem me deixado bastante tonta, mas, enfim... como quase todos, tenho mantido a "postura", o que não é bom, nem fácil." Leia mais.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Prova sinistra

Minha amiga fez a prova da Uerj e me contou a história. Baixei a prova da págjna da universidade para conferir. Todos os quatro textos da prova de Linguagens, códigos e seus tecnologias falavam de extraterrestres.

terça-feira, 23 de junho de 2009

23/junho, dia do lavrador

Foto: De Bonis
Rúcula plantada na minha varanda.

Êêê, hoje é meu dia.
Parabéns a todos os lavradores e lavradoras.
Que nossas colheitas sejam ricas e abençoadas.

Estamos ficando velhos

Foto: www.syracuse.com

Notícia em O Globo:
Kodak vai tirar do mercado o clássico filme Kodachrome

Bem-vindos ao século 21.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Um esclarecimento importante

Outro dia fui acordada de “madrugada”, sábado 8h00, por alguém que, – com muita educação e pouca sabedoria, porque não investigou antes de acreditar na fofoca –, me questionava se eu havia escrito um texto no blog em que TODOS os leitores poderiam identificar uma pessoa que me prejudicou.
Gostaria de esclarecer que isso nunca aconteceu. Procuro sempre ter cuidado de não citar nomes ou situações que possam identificar qualquer pessoa. Às vezes mudo nomes, lugares e até a história acaba sendo outra, para que fique apenas o exemplo da situação e não seja um estudo de caso específico.
Se alguém se identificar com algum texto, pode ter certeza de que só essa pessoa pode pensar que é sobre ela que falei, mas os leitores não saberão de quem se trata.
E se alguém fez algo que me prejudicou e o que fez considero errado, jamais colocaria alguma coisa que o identificasse no meu blog. Até porque sou contra a mídia que põe infrator na capa da revista ou faz uma longa entrevista com ele no programa de televisão.
Então, fica o esclarecimento de que tudo não passou de fofoca, que não fiz isso e nem faria.
E desde então tenho tido mais cuidado ainda.
É claro que falo dos meus sentimentos, das minhas histórias, e cito situações que me fizeram bem ou mal, por isso pessoas estão envolvidas nessas histórias, mas não estou aqui para usar o blog para atingir esta ou aquela pessoa. Uso exemplos apenas como forma didática para passar uma mensagem que pode ajudar outras pessoas que estão vivendo a mesma situação que vivi, apenas isso.


Sobre a praga do mês de junho

Quando eu era criança, ninguém tinha dúvida se deveria ou não participar destas festas. Agora é mais um tópico para o time do relativismo. E as comunidades evangélicas resolveram fazer festas com nomes diferentes e desculpas diferentes, mas no resto tudo igual. E isso virou uma praga, difícil encontrar quem não faz. Leia mais.

Nova natureza

"A Bíblia não ensina que uma pessoa pode ser um cristão genuíno e viver em constante carnalidade, perversidade e pecaminosidade todos os dias de sua vida. Mas a Bíblia ensina que o cristão genuíno recebeu uma nova natureza. O cristão verdadeiro tem um Pai que o ama, que o disciplina, cuida dele e que se importa com ele. Se você é genuinamente um cristão nascido de novo, um filho do Eterno, você andará pelo caminho da justiça como um estilo de vida. E se você se desviar desse caminho de retidão, o Pai virá até você! Ele irá discipliná-lo. Ele o colocará de volta naquele caminho."

sábado, 20 de junho de 2009

Uns confiam em carros...

"No trigésimo nono ano de seu reinado, Asa foi atacado por uma doença nos pés. Embora a sua doença fosse grave, não buscou ajuda do Eterno, mas só dos médicos. Então, no quadragésimo primeiro ano do seu reinado, Asa morreu e descansou com os seus antepassados." 2Crônicas 16.12,13

"Alguns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós confiamos no nome do Eterno, o nosso Pai." Salmo 20.7



Pastor, posso ir? Pode. Quantos passos? Dois de formiguinha...

“Vendo-se o povo diante dos trovões e dos relâmpagos, e do som da trombeta e do monte fumegando, todos tremeram assustados. Ficaram à distância e disseram a Moisés: ‘Fala tu mesmo conosco, e ouviremos. Mas que o Eterno não fale conosco, para que não morramos’. Moisés disse ao povo: ‘Não tenham medo! O Eterno veio prová-los, para que o temor do Eterno esteja em vocês e os livre de pecar’. Mas o povo permaneceu à distância, ao passo que Moisés aproximou-se da nuvem escura em que o Eterno se encontrava.” Êxodo 20.18-21

O povo ainda quer um intermediário. Assim como nos dias de Moisés, hoje o povo prefere que o pastor ou líder espiritual receba as “revelações” e que no domingo ele repasse as revelações para as ovelhas. E, como diz Paul Washer, precisa-se produzir muito fogo falso para que as pessoas “sintam” a presença do Eterno. Fico imaginando se o Eterno realmente se manifestasse nos cultos, como fez no monte, o povo sairia correndo, com medo. Sacerdócio universal? Ah, dá muito trabalho, melhor receber tudo mastigadinho e correr o risco de comer veneno.

“Por isso todas as autoridades de Israel reuniram-se e foram falar com Samuel, em Ramá. E disseram-lhe: ‘Tu já estás idoso, e teus filhos não andam em teus caminhos; escolhe agora um rei para que nos lidere, à semelhança das outras nações’. Quando, porém, disseram: ‘Dá-nos um rei para que nos lidere’, isso desagradou a Samuel; então ele orou ao Eterno. E o Eterno lhe respondeu: ‘Atenda a tudo o que o povo está lhe pedindo; não foi a você que rejeitaram; foi a mim que rejeitaram como rei. Assim como fizeram comigo desde o dia em que os tirei do Egito, até hoje, abandonando-me e prestando culto a outros deuses, também estão fazendo com você. Agora atenda-os; mas advirta-os solenemente e diga-lhes quais direitos reivindicará o rei que os governará”. 1Samuel 8.4-9

E o povo continua querendo um rei, como na época de Samuel, e os pastores hoje são tratados como reis e até se colocam nessa posição. Pastores e ovelhas parecem gostar dessa situação. Eles gostam das regalias e tratamento diferenciado e elas gostam de paparicar seus reis e obedecê-los cegamente. É terapia para o complexo de inferioridade deles. E terapia para o complexo de orfandade de pai que elas sentem – muitas até chamam o pastor de pai (a falta de figura paterna é uma enfermidade que atinge a maioria dos brasileiros, quem quiser saber mais sobre isso, leia O avivamento do odre novo, do Coty). Há ovelhas que não vão a uma festa de família porque o pastor não liberou. Outras que saem do Orkut porque o pastor mandou. Outras que não compram um apartamento sem que o pastor autorize. Outras que não fazem um curso porque o pastor não permitiu. Pastor, posso ir ao supermercado? Pastor, posso respirar? E as filas para que o pastor ore por elas no final do culto, porque a oração do pastor tem mais poder. E no final do culto os líderes da cantina separam um pratinho para o pastor. E quando ele finalmente consegue parar para lanchar, tem uma mesa reservada para ele e sua família. Ou então nos almoços para construção do templo, a mesa dos pastores é separada dos demais e eles são servidos por ovelhas carinhosas, enquanto as outras ovelhas entram na fila. Se fossem seguir as palavras do Messias, encontraríamos os líderes servindo o almoço e não sendo servidos. A corte e a plebe. E depois os outros é que são idólatras...

Na minha terra isso se chama manipulação e controle, e ainda tem um espírito famoso por trás disso: Jezabel.

Todos precisam ler Cristianismo pagão?. Há um capítulo inteiro dedicado ao tema pastor.

P.S.: Leia esta resposta sobre cartão de crédito, bem no contexto de "Pastor, posso ir?"

Essa é a diversão deles

"É fácil discernir os que são chamados, porque eles sãos diferentes. Enquanto os outros estão crescendo espiritualmente, estes estão crescendo radicalmente. Enquanto outros estão se divertindo, eles estão estudando, orando, saindo às ruas e testemunhando, expulsando demônios e orando pelos doentes para que sejam curados. Essa é a diversão deles."
Rick Joyner, em O Ministério apostólico

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Nós confiamos no nome do Eterno

Foto: De Bonis

"Alguns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós confiamos no nome do Eterno, o nosso Pai." Salmo 20.7

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Notícia triste no meu bairro

Deslizamento de pedras em Vila Isabel
"PLANTÃO O GLOBO - RIO - Pedras da encosta do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, deslizaram e atingiram casas e carros na Rua Engenheiro Gama Lobo. Bombeiros estão no local e informaram que há vítimas. Algumas casas, segundo primeiras informações, estão parcialmente soterradas."


Leia mais: Quatro feridos em desabamento em Vila Isabel.

Céu e rua movimentados aqui. Helicóptero, bombeiros, carros de reportagens, polícia. A empregada da vizinha viu quando aconteceu o deslizamento.



Fotos: De Bonis

Antes do deslizamento era assim. No pé do morro há um vale com um condomínio fechado.

Hoje ficou assim.

Lei seca

Lei Seca reduz em 54% o nº de mortes no trânsito do Rio

Um ano de Lei Seca e menos mortes

Lei Seca reduz em 23% internações por acidentes de trânsito

Que esses resultados motivem a proibição das propagandas de cervejas na televisão.
Leia também
Transformações - exemplo de Almolonga

terça-feira, 16 de junho de 2009

Inveja, sentimento inconfessável

Inveja não é querer o que o outro é ou tem.
Inveja é não querer que o outro seja ou tenha o que não se é ou tem.
A qualquer preço.
O invejoso é dono das frases:
"Se eu não posso, ele também não deve poder."
"Se não pode ser meu, não vai ser de mais ninguém." (então destrói ou mata o objeto de desejo, que pode ser uma pessoa).
"Se eu não posso ser feliz, ele também não vai ser".
O invejoso é dissimulado. Finge ser amigo.
E assim vai plantando uma fofoca aqui, uma mentira ali, até destruir a pessoa de quem tem inveja.
E depois fica feliz, observando o sofrimento do outro.
É por isso que diz o ditado: Inveja mata!

Leia também
Saindo do deserto e subindo o monte
Você perdoa a pessoa, não o ato
Como liberar perdão
O Pai perdoa
Perdão e confiança
O que é graça

domingo, 14 de junho de 2009

Tragédia da parede errada

"Imagine uma escada bem alta apoiada numa parede. Agora pense na sua vida como sendo o processo de subir a escada. Não seria uma tragédia chegar ao topo da escada e ver que você a colocou na parede errada? Uma só vida a viver, e você a perdeu!"
Henry T. Blackaby e Claude V. King, em Conhecendo Deus e fazendo sua vontade

sábado, 13 de junho de 2009

Para descontrair

Campanha para incentivar o xixi no banho

Você tem o costume de fazer xixi no banho? Pois se não tem trate de adotar o hábito! Quem escuta pela primeira vez isso não entende nada, mas esse é o tema da nova campanha da Fundação S.O.S Mata Atlântica, que apesar de parecer brincadeira, é bem séria. Leia mais.

E ainda tem o site http://www.xixinobanho.org.br/.

As crianças é que tinham razão, rs.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Shabat shalom

Pôr-do-sol m Mangaratiba, RJ. Foto: De Bonis
Horário do pôr-do-sol no Rio de Janeiro:
Sexta-feira, 17h15 - Sábado, 17h15 (Climatempo)

Parashá

Leia também

terça-feira, 9 de junho de 2009

Não existe mais pecado oculto e sim pecado exibido nas redes sociais

Antigamente os "crentes" pecavam escondido. Havia gente que sofria mais quando era descoberta, do que por ter cometido o pecado.

Agora a moda é outra: exibir o pecado nos álbuns de fotografia das redes sociais.

Meu coração fica apertado, dói muito quando vejo algumas atualizações. Nem tenho coragem de visitar o álbum.

O que aconteceu com o evangelho? Onde está o temor?

Que o Pai tenha misericórdia de nós e traga arrependimento aos nossos corações.

"Não basta ser cristão, tem que parecer cristão."

"Portanto, sejam perfeitos como perfeito é o Pai celestial de vocês." Mateus 5.48

"'Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá' (Gálatas 6.7). Não só as sementes que plantamos voltam para nós, mas também retornam em medida muito maior que aquela em que a plantamos. Oséias 8.7 afirma: 'Eles semeiam vento e colhem tempestade'." Cindy Jacobs

"Não apaguem o Espírito, não desprezem as mensagens inspiradas. Testem todas as coisas – fiquem com o que for bom, mantenham-se distantes de toda forma de mal." 1Tessalonicenses 5.19-22

"Portanto, sejam imitadores do Eterno, como filhos amados, e vivam em amor, como também o Messias nos amou e se entregou por nós como oferta e sacrifício de aroma agradável ao Pai. Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual como também de nenhuma espécie de impureza e de cobiça; pois essas coisas não são próprias para os santos. Não haja obscenidade, nem conversas tolas, nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas, ao invés disso, ações de graças. Porque vocês podem estar certos disto: nenhum imoral, ou impuro, ou ganancioso, que é idólatra, tem herança no Reino do Messias e do Eterno. Ninguém os engane com palavras tolas, pois é por causa dessas coisas que a ira do Eterno vem sobre os que vivem na desobediência. Portanto, não participem com eles dessas coisas. Porque outrora vocês eram trevas, mas agora são luz no Senhor. Vivam como filhos da luz, pois o fruto da luz consiste em toda bondade, justiça e verdade; e aprendam a discernir o que é agradável ao Eterno. Não participem das obras infrutíferas das trevas; antes, exponham-nas à luz. Porque aquilo que eles fazem em oculto, até mencionar é vergonhoso. Mas, tudo o que é exposto pela luz torna-se visível, pois a luz torna visíveis todas as coisas. Por isso é que foi dito: 'Desperta, ó tu que dormes, levanta-te dentre os mortos e o Messias resplandecerá sobre ti'. Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios, aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus. Portanto, não sejam insensatos, mas procurem compreender qual é a vontade do Eterno. Não se embriaguem com vinho, que leva à libertinagem, mas deixem-se encher pelo Espírito, falando entre si com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando de coração ao Eterno, dando graças constantemente ao Pai por todas as coisas, em nome de nosso Rei Messias. Efésios 5.1-20 [grifo meus]


Leia também
Evidências de que você nasceu de novo
Pregação chocante - Paul Washer
Discurso e prática: viver o que fala 3

segunda-feira, 8 de junho de 2009

O suicídio do pastor e o cavalo de Tróia


"Um comentário mordaz e irônico comum nos anos 80: dizia-se que no Brasil não havia necessidade de terremotos, nem vulcões, as catástrofes aqui vinham através dos ministros da área econômica, uma alusão aos desastrosos pacotes que levou a nossa economia ao fundo do poço. Os anos 80 foram considerados a década perdida.

Santos tem tombado no campo missionário brasileiro e não é por causa de perseguição externa. Não existe nenhum local no Brasil onde é proibido evangelizar.

É verdade que ocorrem dificuldades em alcançar algumas tribos, por questões políticas e, ou conflito de percepções, com a FUNAI, e fatos isolados, residuais, que não merecem destaques algum, em regiões como o sertão nordestino, um preconceito ali, outro aqui.

Por muitas décadas não se morre no Brasil por causa de perseguição clara ao evangelho, aliás, morreu-se pouco comparativamente a outras nações.
Como explicar os fatos abaixo relacionados?

Esposa de um pastor enforcou-se no sertão do Nordeste, o marido alegou tristeza profunda por causa da distancia de casa (família) e falta de apoio, ausência de visitas e telefonemas ou mesmo e-mail.

No Nordeste jovem idealista enlouqueceu: Solteiro determinado a servir o Senhor com todas as suas forças. Contribuiu em varias igrejas local, desde lavando banheiro, capinando mato, até pregando a palavra de casa em casa ou em praça pública, expondo o filme Jesus nas pequenas cidades e povoados do Sertão, ficou louco. Antes de surtar ele falava para alguns que não entendia os defeitos, o egoísmo, a agressividade e a cobiça dos líderes por dinheiro e posição. Ele desistiu de tentar entender entregou-se a insanidade. Hoje anda como um homem dos tempos de Jesus (afirma ele), vestido com panos, sem tomar banho e tendo a estrutura das igrejas atuais e seus líderes como Agentes da Escuridão tentando confundir o povo de Deus.

Ainda no Nordeste, missionária, frustrada, por causa do casamento destruído toma veneno de rato. Os médicos não entendem como ela sobreviveu. Depois de ter voltado à ativa, no primeiro dia em que foi a igreja, o pastor, de forma fria e direta, a disciplinou por um ano, afastando-a de sua função (motivo: pecou tentando suicídio). Antes e depois do ocorrido o seu líder nunca lhe fez visita.

No sudeste senhora evangelista, ganhou centenas de vidas para Jesus, enlouquece e, depois de três anos enforca-se na cozinha de sua casa.

Jovem tenta suicídio, no Sul com veneno de rato, passa três dias na UTI e se recupera. Ela alegou tristeza profunda e solidão. Produzia de forma especial para Cristo à frente do louvor da igreja.

Centro Oeste - Brilhante pastor de uma grande cidade enforca-se. Homem de grande capacidade executiva para o reino de Deus foi responsável direta e indiretamente por milhares de vidas alcançadas pelo Evangelho. Entra em processo de depressão e, depois de alguns anos o suicídio. É sabido que a depressão é considerada uma doença e pode ser causada por problemas genéticos também.

Centenas de líderes no Brasil estão no campo tomando remédio controlado, antidepressivos, calmantes, psicotrópicos, dentre outros. Na maioria dos casos, sem problemas, antes da ida a missão.

Muitos deles já estão em hospitais psiquiátricos.

O campo é guerra, o apoio é pífio, é difícil encontrar-se ombro.

A minha constatação não é que as igrejas são omissas ou negligentes em sua grande maioria, mas que falta estrutura espiritual.

Mesmo que queiram exercer a incumbência de apoiar de forma plena os missionários. Não amam o suficiente, não entendem a carência de quem está no campo. A maioria dos responsáveis por missões e plantação de igrejas nunca teve uma experiência de campo, pelo menos de médio prazo. Não entendemos também a complexidade da psique, das emoções humanas e não pedimos ajuda.

Muitos estão decepcionados com a estrutura vigente no geral. Alguns mais maduros e humildes percebem que tanto eles (no campo) como os da base não têm a estrutura mínima para o avanço do Reino muito menos em enfrentar este obstáculo de cunho mental.

Conheço vários que querem regressar do campo e voltarem a ser comerciantes, bancários, comerciários, advogados...

Não estou falando de pessoas medrosas, negligentes, estamos falando de apaixonados por Jesus que podem dar a vida por Ele; estou falando de estruturas frágeis que não apóiam como deveriam seus profetas, missionários, evangelistas.

Estou falando de uma tragédia, na qual temos perdido valores especiais, a maioria no auge da idade de produção para Cristo.

A nossa maior luta no Brasil não é externa, é interna. 'Aceitamos o Cavalo de Tróia dado pelo gregos'. Não há necessidade de inimigos externos. Ele já adentrou as muralhas e estar nos destruindo."

domingo, 7 de junho de 2009

Testemunhos sobre Cristianismo pagão?

Leia testemunhos sobre o livro de Frank Vila no blog do autor.
Se você lê inglês, clique direto, se não lê, copie o atalho, busque no Google e peça para traduzir a página.

"Cristianismo pagão?, por George Barna e Frank Viola, responde a perguntas sobre o motivo por que eu me sentia culpado por estar no ministério por 13 anos e me sentia culpado por ser pago para fazer aquilo que eu fazia."

"Eu sou um pastor. Por muitos anos eu me senti inquieto, insatisfeito, mesmo desconectado com a forma como "igreja" é feita.
Este livro é um dos poucos que realmente revolucionou o meu pensamento e perspectiva."

Abba Press lança Cristianismo Pagão?

A Abba Press tem a honra de lançar em língua portuguesa mais uma grande obra de George Barna e Frank Viola: “Cristianismo Pagão?”
Uma reflexão histórica, sincera e corajosa sobre os costumes e tradições da Igreja desde seus primórdios até hoje. Uma avaliação séria sobre a visão de Jesus Cristo para sua Igreja e discípulos, a efetiva prática cristã da Igreja primitiva e a absorção e “canonização” de costumes pagãos como rituais cristãos. Você ficará estupefato com a espécie e quantidade de tradições consideradas cristãs há séculos, mas que não têm amparo bíblico, muito menos surgiram entre os primeiros apóstolos de Cristo. Leia mais.

Leia também

A natureza geme

Foto: De Bonis

"A natureza criada aguarda, com grande expectativa, que os filhos do Eterno sejam revelados. Pois ela foi submetida à inutilidade, não pela sua própria escolha, mas por causa da vontade daquele que a sujeitou, na esperança de que a própria natureza criada será libertada da escravidão da decadência em que se encontra, recebendo a gloriosa liberdade dos filhos do Eterno. Sabemos que toda a natureza criada geme até agora, como em dores de parto. E não só isso, mas nós mesmos, que temos os primeiros frutos do Espírito, gememos interiormente, esperando ansiosamente nossa adoção como filhos, a redenção do nosso corpo." Romanos 8.19-23

sábado, 6 de junho de 2009

Um ano de blog

Hoje estou comemorando um ano de blog. Quero agradecer ao Pai, por ter me inspirado. E quero agradecer muito a todos que visitaram o blog, que leram os textos e que enviaram seus comentários. Todos contribuíram para que eu continuasse com o projeto. Agradeço o encorajamento e as orações.

Há um ano, quando divulguei o blog, escrevi estas palavras: 'Há coisas que não são próprias para o jornal e o orkut não tem espaço. Então, criei um blog, pessoal, para abrir meu coração, compartilhar algumas idéias'. E foi exatamente esse o meu objetivo e que agora posso dizer que o blog tem cumprido o seu papel.

Números do blog
  • Primeira postagem em 14/sivan/5768 = 17/junho/2009
  • Primeiro aniversário em 14/sivan/5769 = 6/junho/2009
  • Total de postagens até hoje = 442
  • Visitas a partir de novembro/2008 até hoje = 12.062

Sou grata ao Pai. Sou grata a você. Shalom.

E curou todos os doentes

"Ao anoitecer foram trazidos a ele muitos endemoninhados, e ele expulsou os espíritos com uma palavra e curou todos os doentes." Mateus 8.16 [grifo meu]

"Muitos o seguiram, e ele curou todos os doentes que havia entre eles..." Mateus 12.15a [grifo meu]

"Quando o Messias saiu do barco e viu tão grande multidão, teve compaixão deles e curou os seus doentes." Mateus 14.14

"Uma grande multidão dirigiu-se a ele, levando-lhe os mancos, os aleijados, os cegos, os mudos e muitos outros, e os colocaram aos seus pés; e ele os curou." Mateus 15.30

"Grandes multidões o seguiam, e ele as curou ali." Mateus 19.2

"Os cegos e os mancos aproximaram-se dele no templo, e ele os curou." Mateus 21.14

"E o Messias curou muitos que sofriam de várias doenças." Marcos 1,34a

"Ao pôr-do-sol, o povo trouxe ao Messias todos os que tinham vários tipos de doenças; e ele os curou, impondo as mãos sobre cada um deles." Marcos 4.40

"Naquele momento o Messias curou muitos que tinham males, doenças graves e espíritos malignos, e concedeu visão a muitos que eram cegos." Lucas 7.21

“Curem os enfermos, ressuscitem os mortos, purifiquem os leprosos, expulsem os demônios. Vocês receberam de graça; dêem também de graça”. Mateus 10.8

“Estes sinais acompanharão os que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal nenhum; imporão as mãos sobre os doentes, e estes ficarão curados." Marcos 16.17,18

Leia também
Síndrome de querer ser como Jó

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Dia de oração pela Igreja Perseguida

A pergunta que não quer calar

De um novo convertido para seu líder, depois de ler os evangelhos e os milagres que aconteciam:

— Pastor, quando é que a gente vai começar a ver essas coisas acontecendo aqui na igreja?

Onde está escrito que o ser humano vai morar no Céu?

P.S.: Ah, gente, vamos combinar? Quando peço um texto CLARO, é claro mesmo, não adianta ficar me mandando textos com suposto subentendido, ou tendo que ler nas entrelinhas, ou tendo que vir acompanhado de tratado teológico para poder defender a tese, não vou autorizar comentários desse tipo. Por favor, não fique me mandando esses argumentos que já conheço desde que nasci. Se você não tem um texto bem assim: "O homem quando morre vai morar no Céu", e tem que ter pelo menos um texto no que vocês chamam de Antigo Testamento para comprovar o que está no que vocês chamam de Novo Testamento, então nem precisa me mandar. 

E se seu comentário não foi publicado, mas gostaria de ter uma resposta, por favor, deixe seu e-mail para que eu possa responder diretamente a você. Grata.


Tem P.S.2 no final do post.

Pense e responda: onde está escrito, claramente, na Bíblia, que as pessoas vão morar no céu? À luz destes textos, onde o ser humano vai morar: no Céu ou na Terra?

"Os mais altos céus pertencem ao Eterno, mas a terra ele a confiou ao homem." Salmo115.16 

"Pois os maus serão eliminados, mas os que esperam no Eterno receberão a terra por herança. Mas os humildes receberão a terra por herança e desfrutarão pleno bem-estar. Aqueles que o Eterno abençoa receberão a terra por herança, mas os que ele amaldiçoa serão eliminados. Os justos herdarão a terra e nela habitarão para sempre. Espere no Eterno e siga a sua vontade. Ele o exaltará, dando-lhe a terra por herança; quando os ímpios forem eliminados, você o verá." Salmo37.9,11,22,29,34

"Então todo o seu povo será justo, e possuirá a terra para sempre. Ele é o renovo que plantei, obra das minhas mãos, para manifestação da minha glória." Isaías60.21

E até no chamado Novo Testamento há textos falando sobre isso:

"Daí em diante Jesus começou a pregar: 'Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo'." Mateus4.17 [Reino dos céus e não nos céus]

"Bem-aventurados os humildes, pois eles receberão a terra por herança." Mateus5.5

"Então vi novos céus e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra tinham passado; e o mar já não existia. Vi a Cidade Santa, a nova Jerusalém, que descia dos céus, da parte do Eterno, preparada como uma noiva adornada para o seu marido. Ouvi uma forte voz que vinha do trono e dizia: 'Agora o tabernáculo do Eterno está com os homens, com os quais ele viverá. Eles serão os seus povos; o próprio Eterno estará com eles e será o seu Pai'." Apocalipse21.1-3 

Sei que ainda não é possível ver a Terra restaurada, isso só vai acontecer quando o Reino do Eterno for implantado, e vamos ter muito trabalho para reconstruir tudo, sei que a Bíblia diz que no final tudo vai piorar, apesar dos esforços e campanhas pela proteção ao meio ambiente. Eu procuro fazer a minha parte, apesar de saber que hoje é quase em vão, porque as profecias vão se cumprir. Mas aguardo o dia em que o Eterno vai assumir o Reino e vamos, enfim, restaurar a Terra, como o Pai planejou e criou desde o início. Teremos, finalmente, o que todos sonham, uma Terra com justiça, sem violência, de paz e prosperidade, e sem destruição da natureza. Estou me preparando para a reconstrução.


O que você vai ser quando ressuscitar?

Todo mundo já fez a pergunta ou já foi perguntado: “O que você vai ser quando crescer?” Mas hoje a pergunta é outra.

No nosso momento desconstrução, entendemos que não vamos morar no Céu, que isso foi uma invenção de homens, que na verdade o Eterno nunca disse que o homem iria morar no Céu. Não há um só texto que seja base para essa teoria. Para nós é uma teologia dos hinos e cânticos.

E então começamos a refletir que na verdade a Bíblia fala muito em ressurreição. E esse assunto parece que foi esquecido pelos religiosos. A vida após a morte passou a ter importância maior que a ressurreição e todas as religiões tentam explicar isso, mas a mensagem da Bíblia não é vida após a morte, e sim ressurreição. Um pequeno esforço de raciocínio mostra que havia alguma coisa errada nisso, porque não fazia sentido morrer, ir morar no Céu, ressuscitar e depois voltar para o Céu. Qual o sentido disso? Para que ressuscitar, se já estava morando no Céu?

Por isso muitos deixaram de se preocupar com estudo e trabalho aqui na Terra, porque acreditaram que no Céu não haveria nada disso. A ideia de cantar no coro do céu eternamente, com os anjos tocando harpas tomou conta da mente dos religiosos.

Mas a verdade começa a ser restaurada e percebemos que vamos continuar na Terra, que a vida vai continuar. Entendemos hoje que vamos reconstruir a Terra, que já está e será mais ainda poluída e degradada. E teremos muito trabalho, muito mesmo.

Acreditamos que muitas profissões serão fundamentais nessa reconstrução e muitas outras na continuidade da vida na Terra. Cremos que teremos professores, químicos, engenheiros, construtores, especialistas em informática, jornalistas. Muitos projetos de despoluição vão sair finalmente do papel.

Antes havia as perguntas: Cursar ou não uma faculdade? Será que vai dar tempo? O que fazer? Como se preparar para o período pré-Reino?

E agora estamos entendendo que precisamos nos preparar profissionalmente, sim. Vamos precisar de muita mão-de-obra para a restauração de todas as coisas.

Por isso fica a pergunta: O que você vai ser quando ressuscitar?


Quem vai morar no céu não anseia pela vinda do Reino do Eterno 

Eu desconfio que as pessoas que acreditam que vão morar no céu não querem que o Reino do Eterno venha. Falo isso por mim, porque quando também acreditava nisso, ficava tentando imaginar como seria a eternidade, que não acabaria nunca, cantando no coro com anjos tocando harpa, e eu ficava cansada só em pensar. E realmente eu queria que a hora de morar no Céu demorasse muuuito para chegar.

Responda sinceramente se alguém deseja mesmo sair da Terra e ir cantar por toda a eternidade em um coro celestial. Por isso quando os pregadores perguntam: Quem quer ir para o Céu?, todos levantam a mão, mas quando eles perguntam: Quem quer ir agora?, poucos levantam as mãos pela metade, timidamente. Isso porque ninguém quer sair da Terra, o ser humano foi feito para ficar na Terra e gosta muito daqui. Ir para o Céu é só um escape dos problemas, mas se perguntarmos se preferem ir para o céu ou ficar na Terra sem problemas, enfermidades etc, claro que diriam que preferem ficar aqui. É natural, a Terra é nossa herança.

O medo de que o Reino do Eterno comece logo é tanto que quando falo que está perto ouço vários religiosos com os mesmos argumentos: "Terremotos? Sempre aconteceram, é que hoje temos a globalização e ficamos sabendo mais rápido." "Ah, o Reino do Eterno (no Céu) pode começar hoje se quiser." (Hã, como assim? Vai ser na hora em que ele bem entender ou as profecias precisam ser cumpridas?). Enfim, para mim isso só prova que não querem que o Reino do Eterno comece logo, porque ninguém quer morar no Céu. "Aqui está tão bom", devem pensar.

E diante das tragédias que vêm assolando o mundo, diante do crescimento da violência, do fracasso do sistema religioso e de outros sistemas, e de tantos outros sinais acontecendo e que foram profetizados, fico imaginando como os religiosos que acreditam que vão ser arrebatados para o Céu estão vendo tudo isso.

Não vejo os religiosos convocando o povo ao arrependimento. Eles acham que vão ser arrebatados antes que tudo isso piore, mas não gritam por arrependimento. Como assim, vão ser arrebatados com a vida toda errada?

O que vejo são religiosos fazendo jejum de televisão ou reclamando que os jornais só falam de coisas ruins, de tragédias e muitos dizem que não assistem aos telejornais por isso. Ou seja, estão alienados e por isso não reconhecem os sinais.

Já quem acredita em Reino na Terra está ansiando que o Reino do Eterno chegue logo, para enfim vivermos tudo o que o Eterno prometeu. Mas queremos estar preparados para enfrentar tudo o que está por acontecer. E que venha logo o Reino do Eterno. Ansiamos por isso.

P.S.1: Se alguém me mostrar MEIO versículo dizendo CLARAMENTE que alguém vai morar no Céu, volto a acreditar nisso. Alguém?

P.S.2: "O primeiro mentiroso" (The Invention of Lying), filme mui-to si-nis-tro.



segunda-feira, 1 de junho de 2009

Agentes secretos treinando para a tribulação

Será que é isso? Será que os evangélicos estão treinando para esse momento? Porque está difícil encontrar as congregações, os endereços, telefones e e-mails. Entramos no site dos ministérios e na maioria das vezes encontramos tudo, menos o endereço, telefone e e-mail. Quando essas informações deveriam estar na home, deveriam estar bem visíveis. O e-mail, então, é um objeto trancado a sete chaves, porque os formulários não nos permitem ter acesso ao endereço.

E o Orkut, pior ainda. Há centenas, milhares de comunidades das congregações evangélicas, mas a maioria não tem endereço ou telefone ou e-mail. Chega a ser engraçado, se não fosse trágico, porque em algumas há os horários das reuniões, há convite tipo: "Venha nos visitar". Mas visitar onde? Se não tem endereço. É tão grave que em alguns casos nem a cidade conseguimos saber e o nome da congregação está somente com as letras iniciais.

Ou estão treinando para a tribulação, ou viraram congregações virtuais ou querem nos treinar como detetives.

Evangélicos e mídia

Alexandre De Bonis

Permitam-me esclarecer alguns detalhes sobre os evangélicos e a mídia.

A primeira regra da assessoria de imprensa é que um release deve ser assinado por um jornalista. Jornalistas valorizam o profissional. Não adianta muito qualquer outra pessoa enviar sugestão de pauta, porque vai para o arquivo "cesto" de lixo.

A segunda observação é exatamente a sugestão de pauta. O principal trabalho do assessor de imprensa (AI) é "vender" a pauta para o veículo, através de releases ou kits enviados aos editores. O AI envia uma sugestão de pauta e não a matéria pronta. Se o editor julgar a matéria pertinente, ele vai escalar um de seus repórteres para fazer a matéria.

Agora imaginem um editor de jornal ou revista, secular ou evangélico, que recebe centenas de releases diariamente, ter que selecionar os assuntos da pauta do dia. Muita coisa vai ficar de fora, não há espaço para todos. A prioridade são assuntos de interesse geral e não apenas de um segmento. Então não basta enviar o exemplar do jornal da igreja ou da instituição toda semana pensando que vai gerar uma pauta no jornal secular, porque não vai. Se o objetivo é esse, não vai ser atingido. Se o objetivo é enviar o jornal, para que alguém se interesse e leia e conheça um pouco dos evangélicos, pode até ser. Mas os jornais evangélicos, em sua maioria, trazem assuntos domésticos, que não são do interesse do público em geral. A maioria das chamadas de capa só é entendida pelos próprios evangélicos e não chama a atenção do não-evangélico. O assunto só vai entrar na mídia secular se for relevante para toda a sociedade. Não é o fato de uma igreja completar 75 anos que vai ser notícia. Tem que ser algo que cause impacto na sociedade, que faça diferença socialmente.

Temos dois exemplos do trabalho do AI, em que dois obituários foram publicados no Jornal do Brasil. Não porque os editores receberam um jornal evangélico com a notícia dos obtuários, mas porque houve um trabalho de AI. E os obituários só foram publicados porque ambos os pastores tinham uma história relevante para a sociedade: um foi o primeiro capelão evangélico do Exército e esteve na Segunda Guerra e outro fundou a Escola Bíblica do Ar. Uma pessoa comum, que não fez algo significativo para a sociedade não vai estar nas páginas dos jornais seculares. Esse é o critério. Não é a lista de cargos que se ocupa nas igrejas ou denominações. A pessoa tem que ter feito algo para a sociedade como um todo e não apenas para o meio evangélico. Aqui fica muito claro que as boas obras é que contam.

O trabalho do AI é descobrir esses assuntos relevantes para a sociedade e trabalhar junto à mídia para que consiga um espaço gratuito e mídia espontânea.

Outro equívoco é pensar que a mídia secular vai publicar os artigos, ainda que estejam "elaborados". Os evangélicos estão acostumados com alguns veículos que são quase que exclusivamente de artigos de opinião. Há pouco trabalho de reportagens. E pensamos que na mídia secular é assim também. Não é. Eles produzem suas matérias, têm repórteres para isso e não publicam artigos de opinião enviados por pessoas de toda a parte do mundo. Vocês podem ver que as páginas de opinião são limitadas. E não é qualquer desconhecido que tem seu artigo publicado ali.

E o mais grave de todos é pensar que matéria paga e "presentinhos" sejam coisas legais. Ainda que alguns veículos evangélicos aceitem isso, o jornalista que se vende fica malvisto no mercado. Não é ético. E se nossa justiça deve exceder a dos fariseus, então, nem deveríamos cogitar tal situação. Nós não podemos fazer porque todo mundo faz. Se não é correto, não é ético, então é pecado. Temos que dar o exemplo. Quando não conseguirmos mídia espontânea, devemos fazer um informe publicitário ou um anúncio e nunca uma matéria paga.

Em contrapartida, não parece que os evangélicos têm interesse em estar na mídia, porque poucas instituições têm um profissional de AI. E um dos papéis do AI é treinar os funcionários para o relacionamento com a mídia. Infelizmente nossos líderes não são treinados para isso. Vivemos histórias recentes e lamentáveis de relacionamento com nossa liderança evangélica que provam o despreparo das nossas instituições.

A primeira aconteceu em um congresso, em que uma jornalista foi como congressista e pagou a inscrição. Mas conseguiu vender uma pauta para um veículo evangélico. Ao ser proibida de fotografar a abertura do evento por um dos "seguranças", ela procurou o diretor-geral para conseguir uma credencial de imprensa para poder trabalhar livremente, mas o diretor a "proibiu" de fazer qualquer matéria sobre o congresso para aquele veículo. Mais tarde tomamos conhecimento dos motivos da proibição. Foram motivos pessoais desse diretor-geral, de algo que aconteceu no passado entre ele e a direção do veículo. E por causa desse problema pessoal ele deixou de ter uma matéria espontânea publicada na mídia evangélica.

A outra situação aconteceu em um congresso de Teologia. Uma jornalista solicitou uma credencial de imprensa, porque seu interesse era puramente profissional. Ela obteve a credencial, mas os organizadores do evento se recusaram a conceder-lhe o material do congressista. Depois de algum diálogo, eles entregaram apenas o manual, em que não havia informação sólida sobre o evento. Não havia um kit para a imprensa.

Nem é preciso dizer que nada foi publicado nos veículos que ela representava ou fez contato. E esses são apenas dois exemplos. Se investigarmos, encontraremos outras histórias tristes. É um grande erro pensar que só a mídia secular tem valor e tratar mal os jornalistas evangélicos. Muito assunto que sai na mídia evangélica tem repercussão na mídia secular. E todos os profissionais de comunicação, evangélicos ou não, devem ser tratados com respeito. Precisamos valorizar o profissionalismo e deixar o amadorismo para o passado.

Colaboração Débora De Bonis

Sobrenatural


Sobrenatural é planejar uma caminhada na Floresta e depois ler no livro do discipulado a sugestão de uma caminhada de oração. Adiantamos o dever de casa.
E na subida ganhamos de presente a visão linda de várias saíras-sete-cores. Elas brincavam em uma árvore pequena e chegamos bem perto e conseguimos até fotografar (Acima, a saíra no meio da árvore e embaixo em zoom, fotos: De Bonis).