Publicação fixa: Argumentos lógicos X tratados teológicos

Meus textos questionando o sistema religioso e as mentiras do cristianismo são sempre com argumentos de raciocínio lógico, porque para mim vale o que está escrito sem interpretações humanas, sem oráculos para traduzir o texto... Continue lendo.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Desconfiômetro: Nome do Eterno

A pergunta engasgada na minha gargante é por que o nome do primeiro-ministro de Israel, eleito este mês, Benjamin Netanyahu, não é Netandeus, ou Netansenhor?

Interessante que em todos os jornais em que pesquisamos o nome dele é escrito da mesma forma em vários idiomas: Netanyahu. Em português é assim, em inglês o nome é escrito assim. Em francês também. Etc. Ninguém traduziu o nome dele.

A incoerência é que dizem que o nome do Eterno é impronunciável e que por isso o tetragrama foi substuído por outros títulos, como deus, senhor etc. Mas então, por que o primeiro-ministro tem o tetragrama no seu nome e ninguém, em nenhum outro idioma, "traduziu" o nome.

Até no blog oficial dele o nome é igual: http://www.netanyahu.org.il/

Desconfiômetro ligado.

Quem quiser conferir alguns exemplos:
Francês, francês, inglês, inglês, espanhol, hebraico

Desconfiômetro 2 - Em nome de quem?

"Eu, humildemente, peço isto, no nome daquele que mudou minha vida, Yeshua, Isa [árabe], Jesus (pronúncia espanhola), Jesus." Rick Warren, no final da oração na posse de Obama. Leia oração completa.

Curioso é que o nome de Rick Warren é o mesmo nos jornais de outros idiomas. O nome dele não foi "traduzido", a grafia é a mesma. Se quiser conferir: espanholitalianofrancêsportuguês.

Pela lógia da oração dele, o nome de Warren deveria ter sido "traduzido" para os outros idiomas.

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Desligue o piloto automático

O poder da consciência
Thomas Anderson, em Deus quer que você seja milionário! Seja rico espiritual e financeiramente


"Não é que sejamos imbecis. Simplesmente, não estamos conscientes. O cérebro humano é uma ferramenta incrível, com uma assombrosa capacidade ainda inexplorada. É milhares de vezes mais rápido do que qualquer computador já fabricado. Pode armazenar uma quantidade quase infinita de informações. Você pode aprender 12 línguas, ter sete títulos de doutorado, memorizar a enciclopédia inteira de A a Z, e isso tudo usando apenas 10% de seu potencial. O cérebro controla a respiração, a digestão, o crescimento das células, os níveis hormonais, praticamente todo o corpo, sem nem termos consciência do que está acontecendo. O incrível disso tudo é que não precisamos ter consciência para o cérebro realizar muitas das coisas que realiza. É automático.

Esse aspecto de como o cérebro funciona é que o torna tão fascinante. Ele é projetado para lidar com enorme quantidade de informações, filtrando e ignorando informações não-essenciais. Em vez de tentar processar todos os fragmentos de estímulo sensorial que aparecem, o cérebro, independentemente da consciência, analisa tudo e determina o que é ou não importante saber. O processo de filtragem baseia-se, na maior parte das vezes, em experiências passadas.

Mas nossas percepções são deturpadas pela capacidade de o cérebro ignorar as coisas. É muito comum que uma diferença clara seja percebida pelo cérebro como algo conhecido. Fazer o cérebro prestar atenção em informações diferentes das corriqueiras requer esforço consciente. Quando vivemos totalmente dentro de uma rotina e cheios de hábitos, paramos de perceber o que está ao nosso redor. Nossos cérebros ajustam as informações de tal modo que vemos tudo de acordo com nossas experiências passadas. Não vemos os perigos, nem as oportunidades. Ficamos sentados enquanto o mundo gira, sem perceber nem mudar nada. Hoje parece igual a ontem, ainda que não seja. Falta-nos consciência.

O perigo dessa falta de consciência é que nosso inimigo está sempre tentando nos destruir. A Bíblia nos diz para ficarmos alerta. ‘Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem posso tragar’ (1Pe 5.8). É interessante que o texto não diz que o diabo se esgueira por aí como uma cobra silenciosa que morde sem avisar. Ele ruge como um leão. Na selva, um leão rugindo deve espantar qualquer um.

Mas, em coma, talvez você nem preste atenção. Seu cérebro ajustará sua percepção para que o rugido se encaixe em sua vida normal, e esse rugido será apenas parte do ruído de fundo. O diabo se entrega de tantas formas que é realmente impressionante que alguém ainda caia em suas armadilhas. Para alguém cuja principal arma é o fingimento, o diabo é flagrante.

Pedro disse para ser ‘sóbrio’, o que significa: ‘Não fique bêbado’. Isso pode parecer óbvio, mas envolve mais do que apenas evitar o álcool. Tem a ver com levar a sério o que se faz. Levar a sério e ter determinação. O texto também diz para vigiar, estar acordado, atento e alerta, como um sentinela na ronda noturna. Não temos que sair por aí procurando o diabo, mas estar conscientes do que acontece à nossa volta.

A mesma idéia é transmitida em outro versículo em 1Pedro: ‘Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos oferece na revelação do Messias’ (1.13). ‘Cingindo os lombos do vosso entendimento’ é uma expressão antiga. Outra versão mais atual da Bíblia diz: ‘Preparem suas mentes para a ação’. Isso significa ficar alerta, de modo a estar pronto para agir. Não pare de pensar. Sua mente tem que estar ocupada, pois o Pai quer que você esteja preparado para a esperança que ele lhe reservou. Se não estiver atento, já era. Seu cérebro pode ser treinado para processar estímulos de maneira diferente. Você pode ter mais consciência de tudo ao seu redor e aprender a reparar nas coisas.

Paulo comenta a importância de conhecer os planos do diabo: ‘O que eu também perdoei, se é que alguma coisa tenho perdoado, por causa de vós o fiz na presença do Messias, para que Satanás não leve vantagem sobre nós, porque não ignoramos as suas maquinações’ (2Co 2.10,11).

Essa palavra ‘maquinações’, ou ‘esquemas’, significa que não ignoramos as percepções, propósitos ou pensamentos que o diabo coloca à nossa frente para nos tentar e fazer com que pensemos como ele. O problema não é o que se associa obviamente a Satanás, como a bruxaria e as ciências ocultas, mas os sutis artifícios que ele usa para mudar nossas percepções. Não ignoremos seus esquemas.

Estar em coma envolve perigo duplo. Quando estamos presos a padrões de pensamentos rotineiros, não vemos os ataques do inimigo se aproximarem, mesmo que ele esteja rugindo, assim como não vemos as oportunidades que estão na nossa cara. Nossas percepções são limitadas.

Infelizmente, não é fácil mudá-las. Há que se esforçar sobremaneira. Há que se instruir. Esse é um dos motivos da importância da educação. Suas percepções se formaram na infância, e dará certo trabalho modificá-las. É característico do ser humano que, para formar uma percepção, é necessário só um grama de informação, mas para modificá-la é preciso uma tonelada.

Se você treinar a consciência e mantiver o cérebro ocupado e pronto para agir, verá os esquemas de Satanás e saberá como evitá-los. Não acreditará mais em mentiras e começará a enxergar as oportunidades. Tudo depende de até que ponto você quer se educar."

Colaboração de Alexandre De Bonis

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Cuidado com a sensualidade

Marcos Souza Borges (Coty), em A face oculta do amor

“A imoralidade tem sido um dos instrumentos mais poderosos de autodepreciação do ser humano, principalmente da mulher. A nudez da mulher tem sido vulgarmente comercializada em nome do feminismo e do ‘profissionalismo artístico’. Isto vai gerando gradativamente uma mudança na imagem que a mente masculina faz da mulher, enxergando-a cada vez mais como um produto, que pode ser comprado, usado e lançado fora ao seu bem-prazer.

Amar ao próximo envolve renúncia, amar os prazeres envolve egoísmo e consequentemente irresponsabilidade.

O resultado é uma ânsia pelo prazer, sentimentos e desejos viciados, debaixo de um encantamento maligno. Quando uma pessoa vive em função do amor ao prazer, sob a motivação que inspira a tantos: ‘Preciso aproveitar a vida...’, o que na verdade está se semeando é uma vida frustrante e depressiva. Poucos parecem compreender esta lei do reino espiritual. A Bíblia, que também é o nosso manual de funcionamento, concorda com isto ao dizer que ‘...Necessidade padecerá o que ama os prazeres’. (Pv 21.17).

Quem governa quem? Governamos nossos desejos ou nossos desejos nos governam, ou melhor, nos desgovernam?

Amor é a justa medida de afeição e limites. Afeição sem limites é sensualidade e limite sem afeição é legalismo.

Obediência à Lei significa amor à vida.

Carnalidade nada mais é que idolatria do desejo de obter satisfação.

Se você não tem domínio próprio, pode ser que tenha demônio próprio.

Apelo ao prazer é uma negociata com os princípios de Deus em prol de conforto sentimental.

Precisamos chamar o pecado de pecado.

Sensualidade continua sendo uma das principais ‘portas dos fundos’ que tem esvaziado espiritualmente e fisicamente muitas igrejas.”

Qualidade de vida

“Amor é a justa medida de afeição e limites. Afeição sem limites é sensualidade e limites sem afeição é legalismo.

Obediência à Lei significa amor à vida”.


Marcos Souza Borges (Coty), em A face oculta do amor

Mudar o mundo

“Quando mudamos as coisas dentro de nós, afetamos o mundo espiritual. Quando você afeta o mundo espiritual, você transforma o mundo físico. É assim que as coisas realmente funcionam.

A mudança que uma solução eficiente exige precisa começar dentro de nós. Pessoas transformadas vão transformar o mundo. Pessoas curadas vão curar o mundo. Pessoas livres vão libertar o mundo. Este é o grande poder do arrependimento. Mudança interior gera mudança exterior. Esta é a verdadeira dinâmica que incrementa a autoridade do Reino de Deus”.

Marcos Souza Borges (Coty), em A face oculta do amor

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Transformações - documentários

Assista e vai entender porque Torre de Oração, porque conquista de cidades, porque intercessão e porque arrependimento.

Transformação - Avivamento na Colômbia, Quênia e Califórnia
É impressionante o filme produzido por George Otis Jr., que documenta fatos que aconteceram na Colômbia, Quênia e Califórnia onde comunidades inteiras estão se convertendo pela presença transformadora de Deus.
Seja despertado e incentivado a buscar a Deus. Sua glória transformará nossas vidas, cidades, país.




Transformações II - Avivamento no Canadá à Uganda
Alcolismo, abuso sexual, vício em drogas, suicídio.
Pode esta onda ser contida?
Do Canadá à Uganda o vento do Espírito está soprando avivamento.
Seja impactado e despertado por este documentário de George Otis Jr.






Ruja o Mar - Avivamento das Ilhas Fiji
É um documentário produzido por George Otis Jr, que relata um maravilhoso avivamento que está varrendo Fiji.
Também é o testemunho do poder da unidade dos cristãos, com sinais e maravilhas, rápido crescimento da igreja e transformação sócio-política.
Seja impactado e despertado através deste documentário que irá fazer você repensar sobre seu papel nestes dias.

O povo tem fome e sede do sobrenatural

“A natureza espiritual, assim como a natureza física, será servida; neguem-lhe alimento, e ela engolirá veneno”. Rick Joyner, em O Ministério apostólico

Vejam o trecho de um notícia sobre a Era de Aquário:

"Para se ter uma idéia do avanço alcançado pelo esoterismo nos últimos tempos, grande parte dos frequentadores das mesas de tarô ou de búzios definem-se como evangélicos ou católicos. Palavra dos médiuns!

'A maioria dos nossos clientes são católicos, e uns 20% restantes se dizem evangélicos', garante Mayara Jorge, que atua em um templo místico situado no Jardim Higienópolis. 'Costumo atender até a padres e pastores', assegura, por sua vez, João Rosa." Leia mais.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Ninguém deveria tornar-se culpado do antigo ditado: “Não jogue fora o bebê com a água da banheira’

"Não rejeite um ministério e movimento verdadeiros do Eterno simplesmente porque tem visto alguns exemplos e manifestações ruins. A partir da minha experiência pessoal, tenho descoberto que para cada mau exemplo existe uma centena de bons. Para cada falsa profecia ou uso incorreto de profetizar existem milhares de profecias verdadeiras e usos corretos da profecia e das verdades do Movimento Profético."

Bill Hamon, em Apóstolos, profetas e os moveres vindouros de Deus

Oscilações extremas no pêndulo da verdade restaurada

"Quando a verdade está no processo de ser restaurada à Igreja, é normal que oscile extremamente para a direita, depois pa a esquerda e, finalmente, se firme com uma mensagem equilibrada, como um pêndulo de um relógio de pé, no meio de dois extremos. Aqueles que emperram na extrema esquerda tornam-se místicos em suas doutrinas e práticas. Aqueles que não voltam da extrema direita tornam-se um grupo exclusivo que se separa do restante do Corpo. Então, há o grupo que se ajunta de ambos os extremos para manter um equilíbrio na doutrina e prática bíblicas corretas como o Eterno originalmente pretendia que fossem restauradas dentro da Igreja.

Um movimento de restauração pode também ser comparado aos tempos quando vêm chuvas pesadas e isso faz com que as margens do rio transbordem. Parte da água fica no lado direito do rio e forma pequenos lagos onde permanecem alguns peixes. Parte da água na esquerda nunca volta para o rio, mas forma brejos e pântanos onde todos os tipos de criaturas pequenas e venenosas habitam. Quando as águas baixam, o corpo de água principal flui entre as margens do rio da sabedoria, e a maturidade na ministração das veredas e experiências espirituais são restauradas.

O grupo ‘equilibrado’ pode perder a unção. Contudo, o grupo ‘equilibrado’ pode tornar-se tão protetor da verdade e tão reacionário em direção aos extremistas eu mantém a forma original, porém perde o fluir do Espírito Santo. Pode manter a pureza da doutrina, porém perder a unção fresca que restaurou essas verdades. Pode manter a pregação e as práticas corretas, todavia, perder a poderosa presença e poder do Eterno que originalmente acompanharam seu ministério.

É triste dizer que a história da Igreja revela que é este grupo equilibrado que normalmente torna-se o principal perseguidor do próximo movimento de restauração do Espírito Santo. Eles estabelecem odres de limitações doutrinais com relação a: o que, quando, onde, quem e como a verdade pode ser ministrada. Seus odres tornam-se secos e com tantas limitações que não podem receber o vinho novo da verdade restaurada que acrescenta nova verdade e ministérios espirituais à Igreja. Aqueles que entendem os princípios de restauração nunca deveriam perder um novo mover do Pai. Os movimentos de restauração do Eterno continuarão vindo até que todas as coisas estejam preparadas para a Segunda Vinda do Messias. O último mover do Eterno será quando o Messias vier e estabelecer seu Reino sobre toda a terra.

Estar estabelecido na presente-verdade

Por essa razão, devemos conservar nossos odres flexíveis a fim de que possamos ir de movimento a movimento do Espírito Santo, incorporando em nossas vidas pessoais e congregações tudo que o Pai quer restaurar na sua Igreja (2Coríntios 3.18). Ao mesmo tempo, é necessário que não nos tornemos vulneráveis a extremismo e fanatismo. Como o apóstolo Pedro declarou, devemos continuamente ‘estar confirmados na presente-verdade’ sem esquecer qualquer das verdades e práticas que já foram restauradas (2Pedro 1.12). O Messias disse que um escriba sábio é aquele que tira do seu tesouro coisas novas e velhas. A Igreja não é um tanque de água ou um mar morto salgado, mas um rio de fluir fresco, de água viva (Mateus 13.52; Ezequiel 47.1-12; João 7.38). Vamos permanecer no meio do fluir de restauração contínua do Eterno."

Bill Hamon, em Apóstolos, profetas e os moveres vindouros de Deus

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Caminho das Índias

Sei que vou criar polêmica e estou indo contra a muitos líderes que estão aconselhando seus discípulos a que não assistam Caminho das Índias. Não aconselho que as pessoas assistam às outras novelas, mas essa todo mundo deveria assistir. Eu ensino aos adolescentes que eles devem orar e rejeitar todo feitiço e encantamento de TUDO que assistem. E aqui em casa a gente faz isso com filmes etc. E à noite, oro de novo por tudo que vimos e ouvimos durante o dia, rejeitando toda maldição, feitiço e encantamento. Sempre alerta!!!!

Mas por que eu acho que todos deveriam assistir Caminho das Índias? Porque a gente fala sobre o disfarce das coisas que vêm para o Ocidente em forma de "medicina alternativa ou complementar" em forma de "esporte", e o povo não está nem aí, diz que não tem nada a ver etc etc. Quando falo nas minhas palestras de homeopatia, acupuntura, artes marciais etc as pessoas ficam inquietas e algumas dizem mesmo que isso não tem nada a ver.

Bem, a novela está mostrando descaradamente a origem de muitas dessas coisas. Quem assistiu o DVD Deuses da Nova Era entende que tudo veio disfarçado de ciência e de esporte para nós, mas na verdade é religião.

Eu penso que a gente deve, sim, alertar às pessoas para as "verdades" que a novela vai mostrar. Prefiro mostrar que a novela está confirmando o que a gente ensina. Nós somos ignorantes demais. Precisamos conhecer para combater. E essa novela está discarada, como diz Coty, não há mais ocultismo, há "EXPLICITÍSMO". E o povo precisa acordar.

Então, assistam ao DVD Deuses da Nova Era e vejam na novela a confirmação de vários assuntos do DVD.

Não, queridos, ignorância não é bênção. A maldição e o feitiço vêm mais quando é disfarçado, quando a gente pensa que está vendo uma coisa boa, e na verdade tem encantamento por trás. Essa novela não é disfarçada, é explícita, então é didática.

Eu oro até por filme evangélico, sei lá o que está por trás. Todo cuidado é pouco. Sempre alerta.

Então, desligue o piloto automático e veja tudo com olhos espirituais.

O povo não pode mais perecer por falta de conhecimento.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009